5.12.12

Aprendiz de costureira




Vivia um caso de amor com as costurices. Até que, no meio do caminho, apareceu o fecho ecler. Tudo bem, zíper para outros. Tudo foi difícil e desanimador.  A bolsinha ficou uma graça. Mas foi a professora que finalizou. Depois, ela confessou: era o tipo mais difícil. Ai ai ai estou traumatizada. Por um momento, pensei que costurar não fosse para mim.


 Descobri que, como tudo na vida, minha relação com a máquina de costura tem que ser construída aos poucos. Não há atalhos. Há muito trabalho.


Uma pergunta aos universitários: porque o dito cujo só tem nomes derivados de palavras estrangeiras? É só para implicar?

Ps: essa semana, o centro de mesa apareceu no resumo da semana da querida Maria e o fantasminha apareceu em um postagem sobre presentes da querida Carolina.

14 comentários:

Lia Gloria disse...

Ah, vá... ficou bonitinha a bolsinha,pregou o zíper com sofrimento, mas valeu! rs

Sabia que eu nunca preguei um zíper? eu sou um engodo kkkk fuji de todos os desafios do clubinho da costura, que tinham zíper rs

Passa pra ver o meu calendário.

bjs

Elisana disse...

é implicância dele, com certeza!

mas vai de vagarinho, como quem não quer nada, e mostra prá ele quem é que manda :)

Parabéns por continuar na caminhada.

(cheguei aqui pelo blog da Lia)

elisana
www.CosturaQuaseReta.blogspot.com

Pri disse...

Então, o meu ponto não é perfeito como eu gostaria.
Na ja, minha mãe é costureira até hoje e faz tudo e perfeitamente.
Pode ser um bom trauma.
Acho que costuro um ponto torto e o cantinho do zíper que fecha ele fica embolado.
Sabe o que fiz pra melhorar? Costurei e costurei.
Usei o zíperes de cores mais horrorosas que tinha nos tecidos mais velhos e fui fazendo algumas coisas e melhorou, mas não adianta.
Ainda não tá aquela Brastemp.
Já pensei isso várias vezes, mas preciso persistir.
Persista também. Nós vamos chegar lá!
Ah, mais uma coisa: a bolsa tá linda, adorei a mistura das cores.
Beijinho

Gi disse...

A bolsinha ficou linda Dani! Adorei as cores!
Dá uma tristezinha quando a gente não consegue fazer alguma costura né... mas é só a primeira.. Você já está craque!
Meu primeiro zíper, até que coloquei certinho (com tutorial da net), fiquei super feliz e fui fazer uma saia, affff.. errei feio, ficou todo ondulado e nunca mais fiz. Agora comprei um tecido pra fazer outra saia e espero acertar. Keep calm!rsrs

Um beijO.

Decora Adora disse...

Que de aprendiz!!! Amiga mía esa bolsita te ha quedado bella !!! Te felicito
Cariños

Camila Schone disse...

Tenho problemas com o tal zíper também.. mas é questão de treinar.. ele já vem sendo mais simpático comigo depois da XYZ necessaire.. hehe
Ficou lindinha.. adorei as cores! :)

Beijão.

Larissa Banister disse...

ficou lindo amiga, valeu o trabalho, do jeito q vc eh caprichosa ainda tera muitas criacoes na arte de costurar. Bjs

Cynthia disse...

Ficou lindo, Dani!

Olha... ziper é complicado mesmo... Mas depois que vc pega o jeitinho, embora vc já estaja traumatizada e vá sempre torcer o nariz pra ele, vc vai conseguir executar sem problema!

O mais importante é não desistir!

Beijo.

M de Maria Ateliê disse...

Oi Daniela!
Ficou linda, super charmosa.
Também não gosto do tal ziper...rs
Não traumatize.Seja mais forte do que ele! rs
Pior é você já ter feito e esquecido.
Já tive uma fase costura , até vestido longo fiz!
Começou quando tinha 16 anos!
Não é como andar de bicicleta rs
Não mesmo!!!
'Colava' na minha avó e perguntava tudo.
Hoje em dia me desentendo com a máquina toda vez que olho para ela rs
Faça mais lindezas!:)

Eu estou aqui ;)
Adorei seu comentário!
bjs

casa de fifia disse...

a bolsinha ficou linda, a professora caprichou.



baci

Carolina Lima disse...

Daniela,
eu fico vendo essas artices de vocês e me dá uma vontade danada de enfrentar uma máquina de costura. Cada coisa encantadora! Por mais 'trabalhoso' que seja, imagino que ver o resultado final é um estímulo para não desistir.

Obrigada pelo carinho constante! :)

Beijinhos :**
Carol
www.umblogsimples.com

Liduh disse...

Oi Daniela!
A bolsinha ficou ótima, adorei a estampa. Queria muito saber costurar, até comecei, mas acabei desistindo rs. Que fofura essa tartaruguinha;)
Beijos e boa noite!

Camila Faria disse...

Ai, mas deve ser uma sensação incrível quando você finalmente consegue entender o processo e costurar o danadinho!

Nina disse...

fofurice pouca é bobagem! que lindo tudo isso