15.4.13

Vidros de temperos organizados e descolados


Uma longa jornada. A casa foi empacotada, e as caixas seguiram para o depósito. Depois que a burocracia foi vencida, as caixas desceram os Andes rumo a Guayaquil. Em seguida, embarcaram em um navio, entraram no Pacífico, atravessaram o Canal do Panamá e chegaram ao Porto de Santos. Neste momento, nossa mudança espera a liberação da alfândega para entrar em um caminhão e chegar a Brasília. Serão mais de 3 meses de casa empacotada. Entre os vários delírios de controle, escolhi a possibilidade de incêndio para esquentar a cabeça. Não me preocupo com o valor material das coisas. Minha angústia mora no valor simbólico, nos objetos que, ao longo dos anos, construíram nossa identidade de família. E não há Diners que paga. Onde irei achar uma calça jeans que tenho há mais de 15 anos? A coleção completa de Fernanda Pessoa do marido? E o macacão de urso da menina? A lista é infinita. Então, no período pré-mudança, empreendi uma cruzada contra os produtos inflamáveis. Doei tintas e colas. Mas me desfazer da tinta spray para quadro negro tocou fundo meu coração. Era pau para toda obra e não existe no Brasil. 



No apagar das luzes, fiz um último trabalho com eles: tampa para os vidros dos meus temperinhos. 




Agora, minha cozinha terá vidros organizados e descolados. Ai ai ai não vejo a hora de ter casa

21 comentários:

Francine Borges - Ana Carolina Borges disse...

Imagino sua angústia querida...mudança é sempre estressante e de um país pra outro onde a mudança leva meses pra chegar a carga de stress triplica...mas tenha fé que tudo dará certo...lindos os potinhos de condimentos...no Brasil tem uma tinta pra lousa preta...acho que ajudará você nos seus próximos trabalhos...ótima semana linda...beijinho

Francine

Pri disse...

Oba, a Dani voltou!
Menina, que novela. Acho que além do apego com coisas simbólicas, me irritaria muito a vida normal que não começa, viver com as roupas nas malas, sabe. Espero que tudo se resolva logo!♥
Eu comprei essa tinta essa semana e vai virar post lá no bloguinho quanto eu tiver tempo. Ela é demais. Mas comprei a preta, sabe. E não é spray, queria spray mas não tinha, é lata mesmo.
Adorei a idéia, dá pra apagar e pôr outro tempero e escrever de novo, é demais e é muito charmoso.
Adoro coisas assim, feitas à mão, com toque pessoal. Chega do industrial na nossa vida.
Viva o Feito à Mão! ♥

Ana Matusita disse...

Oi Dani! saudade de vc!
Imagino a sua ansiedade, mas vai chegar tudo certinho!
bj,
Ana

Larissa Banister disse...

Otima ideia amiga, eu preciso arrumar meu temperinhos, mas como meu marido (que quer ser chef) tem uns 30 vidrinhos, eu preciso de algo que ocupe menos espaco e ainda nao encontrei. Beijos =*

M de Maria Ateliê disse...

Oi Daniela,
Puxa, você pensou em tudo!
Eu não conseguiria ficar sem as minhas coisas, não consigo imaginar...
Ficaria como você.

Por aqui temos a tinta para lousa, nunca vi spray mesmo.
Temos o esmalte fosco para pintura em preto/verde escolar.
Assim em spray é bem mais prático.
Foi uma ótima ideia para os temperinhos, super legal.

bjs,ótima semana!

Decora Adora disse...

Daniela que bueno que volvió un cambio siempre es estresante,,, me gusta mucho esa idea con spray
Cariños

Regina Saraiva disse...

Olá Dani,
Casa nova e vidrinhos lindos para decorar a cozinha.
Nem fale em perder "lembranças", é o meu maior pesadelo! Ainda bem que até hoje nada aconteceu. O que mais gostava era vê a carinha das filhas quando reencontravam seus brinquedos preferidos.

Beijo

formaplural disse...

Oi, Daniela, faço ideia do seu aperto no coração. Não sei como iria reagir a ficar distante de itens tão preciosos, carregados de história. Mas tudo correrá bem e será muito bom relembrar de tudo no momento da arrumação. Beijo!

Tamires Tenorio disse...

Estou encontrando muitos posts sobre esses potinhos estou começando a querer fazer.
São lindos
beijos
www.inspiresenoamor.com

Liduh disse...

Adorei a ideia, Daniela, estou precisando fazer isso por aqui:) Boa sorte aí com sua mudança;)
Beijos!

Lia Gloria disse...

Uma mulher precavida vale por duas rs
eu jamais pensaria em incêndio ou algo mais. teu delírio de controle tem fundamento. se tem coisa que me deixa muitíssimo triste e perder ou deixar avariar objetos de muita estima.

Eu não conhecia a tinta, mas é danada de boa mesmo rs
os vidros ficaram charmosos, com uma pitadinha rústica. a letra cheia de personalidade, amei!

bjs

Larissa Banister disse...

Oi Dani, já comentei nesse post mas vim te pedir um favor. Amiga eu estou fazendo uma enquete no blog e queria saber sua opinião, quando vc puder, poderias votar lá? Beijos

Eliane Sampaio disse...

Oiii Dani,
imagino sua aflição mesmo, mas vai dá tudo certo amiga, logo logo estará indo tudo para seus lugares, esperamos noticias.

Adorei os vidrinhos,
bjoos, eli. ♥

Regina Melo-Jocknevich disse...

Bom dia.

Ideia facil e simples, e com uma graca de resultado.

ps.: nao vai ser dessa vez q nos encontraremos, estou indo hoje a Tiradentes.

M de Maria Ateliê disse...

Oi Daniela,
Fiquei feliz de te ver por lá.
Você faz falta por aqui, também estou com saudades!!!
Sei que está resolvendo muita coisa e espero que esteja tudo bem.
Continuo na torcida para o seu negócio craft perfumado e super curiosa para conhecer, claro!
bjs

Tamires Tenorio disse...

Essa dica é linda fica muito bom e da para usar aqueles potes de doces, milho etc.
Adorei
beijos
www.inspiresenoamor.com

Kandis Design disse...

Ai que chato... Tem coisas que dinheiro não paga mesmo, e pior quando não é possível conseguir de novo. Eu odeio toda a bagunça que dá, e na sua situação mudança ficou pior ainda. Espero que dê tudo certo no fim.

Camila Faria disse...

Não existe no Brasil? Que pena, essa tinta parece ser tão prática e ótima para DIYs! Lindos seus potinhos para temperos (tenho uma verdadeira paixão por temperinhos mil)!

Lilicutes disse...

Olá Daniela! Ficaram lindas as tampas. E não pense assim, vai dar tudo certo e qdo vc menos esperar estará fazendo um post com a casa toda arrumada. Mas te entendo perfeitamente, pois sou igual!!

Bjs

Kaku

M de Maria Ateliê disse...

Oi Daniela,
Ótimo domingo e início de semana.
Que esteja tudo bem:)
bjs
Saudades de ver suas arteirices por aqui!

Liliane de Paula disse...

Olá, Dani, nem sei se alguma vez já visitei seu blog. Penso que não. Mas, se já comentei alguma vez e não continuei comentando, é porque não consegui manter uma relação de amizade.
Mas me encantei com sua visão de mudança. A casa empacotada, foi assim mesmo que me senti quando mudei acompanhando as transferências do marido.
Vou aproveitar uns vidros e organizar como vc fez, os seus. Sem essa tinta, lógico.