1.4.12

Os bichos

O primeiro comentário da minha sogra, quando visitou nossa casa, foi: vocês adoram bichos. E notei que juntamos bichos, em vez das escovas de dentes. E, de lá para cá, nossa coleção só aumentou. Confesso que, agora, nos reprimimos um pouco. Vira e mexe, um chama atenção do outro para o desejo de ter mais bichos espalhados pela casa. É uma adorável obsessão.

Então, apresento alguns dos nossos queridos moradores.

Temos as pombas de Athos Bulcão no quarto. Quando saímos do Brasil, compramos os azulejos e enquadramos. Afinal, o marido sempre foi vizinho da Igrejinha em Brasília.

No corredor, praticamente, dando boas-vindas, temos as adoráveis iguanas de Galápagos. É uma redundância, mas este lugar é sinônimo de paraíso.




Perto das iguanas temos os tatus do Xingu, que me lembram das minhas aventuras amazônicas.






























No escritório do marido, vive o cavalinho azul, que representa uma das nossas canções equatorianas preferidas. E o gato do Egito, presente de um querido amigo.



Na sala, moram os tatus da Oficina de agosto. É meu pedacinho de Minas Gerais, onde vive minha família.



No aparador, temos as vacas holandesas, vindas de um dos nossos países favoritos.



E, no meu escritório, vivem a lhama e a ovelha do mercado artesanal de Quito. O cachorro mexicano, presente de uma amiga, e a cotia de Alter do chão habitam minha estante. Minha filha cisma de chamar a cotia de cuy (porquinho da índia), uma das iguarias dos Andes e que faz parte do imaginário da nossa pequena equatoriana.



O urso de Berlim mora no quarto da menina. Comprei com o dinheiro da venda de quinquilharias no mercado de pulgas do Mauer Park. Ganhei uma merreca, considerando a quantidade de coisas que passei para frente. Eu me diverti horrores e tenho histórias para contar. Então, fiquei no lucro.


A menina vai pelo mesmo caminho. Quando perguntamos para ela que presente ela quer, rapidamente responde: “quiero animales”. E você, tem alguma obsessão (opsss) coleção espalhada pela casa?

9 comentários:

ALE DOSSENA disse...

Adorei seu blog e os bichos espalhados pela casa!
Bjs e ótima semana!

Gi disse...

Dani... adorei sua bicharada, o que achei mais legal é cada um tem uma história, um porquê. Achei o máximo!

Um beijO. Boa semana!!

Carmen Ferreira disse...

Oi Daniela
adorei seus bichos... muito lindos. seu blog é muito variado, gostei bastante. estou te seguindo para acompanhar de perto teus posts...
obrigada pelo seu comentário lá no blog...
um grande bjo ♥♥

Daniela de Paula disse...

Obrigada, Ale!

Daniela de Paula disse...

Oi Gi, gostou de casa com história. um beijo

Daniela de Paula disse...

Oi Carmen, também tou te seguindo...adorei seu(s) blog(s)!
beijos,

Anônimo disse...

Dani querida! Seus posts estäo ótimos, lembrei do flohmarkt, bateu saudades!!! A gente se divertiu!
beijos
Angela

Regina Saraiva disse...

Olá Daniela,

Gostei dos teu blog e dos teus bichos. Como voce também coleciono "coisas" que me lembram lugares, viagens ou amigos, estão espalhadas pela casa, assim ficam bem perto de do olhar e da memória.
Beijos,

Daniela de Paula disse...

Oi Regina,
Que bom que vc gostou. Então, somos duas que temos casa com memória.
um bj,